Cultura

Foto: Divulgação

A regulamentação, que torna a Casa Vítor, localizada no distrito de Taquaruçu, o mais novo bem tombado como patrimônio histórico e cultural da Capital, foi efetivada por meio do decreto nº 230 publicado no Diário Oficial do Município, nesta sexta-feira, 16. Pelo decreto a Casa também foi institucionalizada como museu, com estrutura vinculada à Fundação Cultural de Palmas (FCP).

Segundo texto do decreto, foi levado em consideração o valor histórico do bem patrimonial conhecido como Casa Vítor, por sua estrutura física construída em adobe e telha colonial e o estilo arquitetônico da década de 50, que abriga acervos pertencentes aos primeiros moradores que povoaram a região, no qual remetem à memória do distrito.

O Museu Casa Vítor fica situado no Lote nº05, Quadra 74, Rua 25 A, Avenida das Nações, s/nº, Praça das Crianças, Taquaruçu – Palmas – TO e entre suas atribuições como museu, destaca-se: pesquisar, conservar e registrar os elementos que compõem o patrimônio cultural dos pioneiros de Taquaruçu; promover exposições de longa e curta duração sobre a formação do distrito; reunir acervos em varias mídias para exibição pública.

Compete ainda ao museu, contribuir com a atividade turística da região, desenvolver o conhecimento do patrimônio natural e arqueológico do entorno de Taquaruçu, e reconhecer e incentivar a diversidade de manifestações culturais, tradicionais ou contemporâneas do distrito, promovendo a relação com o conceito de patrimônio cultural.

A gestão do Museu Casa Vítor é responsabilidade da gerência de patrimônio cultural da Fundação Cultural de Palmas (FCP). (Ascom Fundação Cultural de Palmas)