Cultura

Foto: Dornil sobrinho

A prefeita Teresa Martins (PDT) foi uma das 21 mulheres portuenses que estão sendo homenageadas na 5ª Primavera dos Museus. Outras onze mulheres in memorian também estarão sendo homenageadas. A abertura oficial da 5ª Primavera dos Museus ocorreu na noite de ontem, segunda-feira, dia 19, a partir das 19h30, no Pátio do Museu Histórico e Cultural de Porto Nacional. Com o tema “Mulheres, Museus e Memórias” e sub-tema “Mulheres Portuenses, suas Memórias através do Museu”, várias personalidades femininas de Porto Nacional que colaboram e enriquecem o contexto histórico e cultural da cidade estiveram presentes para serem homenageadas. Dentre elas, a prefeita Teresa Martins que é a primeira mulher a assumir o cargo de Prefeita de Porto Nacional.

Na ocasião, Teresa Martins comentou estar feliz em fazer parte da história da cidade e estar em meio a mulheres que têm um trabalho relevante. A prefeita demonstrou grande empenho e determinação em deixar um marco positivo na história, como a primeira mulher administradora de Porto Nacional. Ela citou ainda que acabou de conseguir através dos senadores Vicentinho Alves (PR) e João Ribeiro (PR) mais duas creches para a comunidade portuense, com capacidade para mais de 200 crianças cada uma.

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Jeferson Lopes, a 5ª primavera dos Museus faz parte da agenda cultural do Instituto Brasileiro de Museus, o IBRAM. Ele afirma que “o evento representa um momento de divulgação do trabalho do museu de Porto Nacional, pois ainda existe muita gente que não conhece o trabalho do museu em nossa cidade”. Jeferson explica ainda que neste ano o IBRAM selecionou mulheres de Porto Nacional, por terem batalhado e lutado para contribuir positivamente com o município, em diversas áreas - Educação, Saúde, Direito, Cultura, dentre outras. “São mulheres que trazem resultados importantes para a sociedade portuense”, ressalta. Ele complementa que durante toda a semana o museu terá atividades durante o dia com visitação das escolas, oficinas, dentre outras.

A professora Creuza Ayres que é uma das homenageadas disse sentir-se agraciada por ser lembrada, agradecendo a Deus por ter trabalhado com honestidade, respeito e amor. Ela diz ainda que o mais importante em suas reflexões “é saber que realizou as atividades que lhe competiam, sendo lembrada para ladear as mulheres importantes de Porto Nacional” finalizou. (Ascom Prefeitura de Porto Nacional)