Meio Ambiente

O Núcleo de Meteorologia e Climatologia (LABMET/UFT) deu início nesta quarta-feira, 28, à coleta de dados referente à pesquisa “Climatologia Urbana e Conforto Térmico e Ambiental: um estudo de caso em Palmas. O trabalho busca identificar a influência dos diferentes níveis de edificações sobre o conforto térmico e ambiental da cidade.

O estudo, fruto do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do acadêmico de Engenharia Ambiental, Leonardo Peris, orientado pelo coordenador do LABMET/UFT, professor Girlene Figueiredo Maciel, tem entre os objetivos específicos a análise da transformação do microclima em função da diminuição de áreas verdes em diversas quadras da Capital.

Para isso, foram instaladas hoje, pela manhã, quatro estações meteorológicas portáteis em quatro áreas diferentes, nas quadras 403, 405, 407 e 503, todas na região sul. Esses locais têm como características um grande número de moradores, área pouco habitada e local sem habitação alguma.

Durante três dias, serão coletados os dados relativos à temperatura, umidade relativa do ar, direção e velocidade do vento, precipitação e pressão atmosférica. “A intenção é caracterizar os tipos de microclima nessas diferentes áreas de ocupação”, explica a meteorologista da UFT, Roberta Araújo, que acompanha a pesquisa.

Para o aluno Leonar Peris, o trabalho é importante, pois “a intenção é contribuir também com o planejamento urbano de Palmas, identificando o índice de qualidade ambiental da cidade, com base na influência da vegetação sobre o microclima local”, disse Peris. (Dicom UFT)