Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente da Câmara, Marco Maia, instalou nesta quarta-feira, 5, a Câmara de Negociação de Desenvolvimento Econômico e Social. O grupo de trabalho vai discutir propostas que interessam à classe trabalhadora e aos empresários. Quando obtiver acordo em relação a determinada proposta, esta será incluída na pauta do Plenário.

O colegiado será coordenado pelo 1º secretário da Mesa Diretora, deputado Eduardo Gomes (PSDB), e será integrado por 12 deputados - seis ligados a entidades trabalhistas e seis ligados a entidades patronais.

O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, afirmou que o primeiro assunto na pauta do grupo será a terceirização, pois está próximo o acordo em relação a esse assunto. Os projetos sobre trabalho terceirizado estão sendo analisados atualmente por uma comissão especial, criada em junho.

Outros temas que serão discutidos pelo novo colegiado serão os projetos que regulamentam profissões e a proposta de redução da carga máxima semanal de trabalho de 44 para 40 horas semanais. Paulo Pereira afirmou que a proposta perdeu força nos últimos meses, em razão da atual crise financeira internacional. (Assessoria de Imprensa – Com informações da Agência Câmara).