Estado

Foto: Divulgação

Durante inauguração da Ponte dos Imigrantes Nordestinos Padre Cícero José de Souza, que liga Lajeado a Miracema do Tocantins, o ministro da Integração Nacional falou que parceria resulta em grandes obras, elogiou a atuação do senador João Ribeiro (PR) e destacou a agilidade das ações na União para que ponte fosse entregue no 1º ano do governo Dilma e no retorno de Siqueira Campos

“Esta obra é fruto da parceria dos poderes executivos, mas também dos representantes do Tocantins na Câmara dos Deputados e no Senado, que empenharam emendas. Quero cumprimentar todos, mas especialmente, o senador João Ribeiro pelo trabalho, empenho e dedicação”. Com essas palavras, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, destacou a parceria entre governos estadual e federal, legislativo federal e do coordenador da Bancada do Tocantins, senador João Ribeiro, para que a Ponte dos Imigrantes Nordestinos Padre Cícero José de Souza, que liga Miracema e Lajeado, pudesse ser entregue à população.

Presente na solenidade realizada nesta sexta-feira (21) e participando da comitiva do ministro desde sua saída de Brasília, o senador João Ribeiro ficou satisfeito com a entrega da obra. "Esta é a ponte da integração. É de grande relevância para a região como um todo, principalmente porque vai interligar Palmas ao Norte e Nordeste do Brasil", afirmou o senador João Ribeiro. Cerca de 90% dos recursos carreados para a ponte vieram da União, cuja viabilidade se deu graças ao bom relacionamento do senador João Ribeiro com o governo federal. “Somos parceiros da presidente Dilma, assim como fomos do presidente Lula. E estamos juntos com o governador Siqueira Campos na busca por obras que melhorem a vida dos tocantinenses”, destacou o senador.

Para o governador Siqueira Campos, trata-se da ponte da paz e do amor. “É um legado que ficará para as pessoas, especialmente às que têm liderança”, disse o governador. Em discurso, Siqueira Campos também destacou a união de todos em prol do povo. “Vamos trabalhar juntos para a grandeza do Tocantins e do Brasil”, frisou.

Agilidade

De acordo com o ministro, houve muita agilidade para que a obra fosse entregue no primeiro ano do governo Dilma e “na volta do governador Siqueira Campos ao governo do Estado”, afirmou. O ministro falou ainda que a parceria com o Tocantins terá continuidade com a alocação de recursos ( R$ 100 milhões) para o programa de revitalização do Projeto de Irrigação Rio Formoso, em Formoso do Araguaia, cujo termo de compromisso foi assinado nesta sexta-feira. Durante o almoço com autoridades, o ministro anunciou também que, em 2012, serão destinados para a construção de outra grande ponte no Estado.

Momento histórico

Centenas de pessoas acompanharam as autoridades – governador, senadores, deputados estaduais e federais, prefeitos e vereadores - numa caminhada à pé pela Ponte. Nas duas extremidades, lideranças políticas aguardavam para prestigiar o momento histórico: o descerramento das placas inaugurais – foram duas. Nem a iminente chuva atrapalhou a festa. Enquanto a solenidade acontecia, dezenas de carros enfileirados aguardavam a liberação da obra. De cima da ponte, dava para ver a balsa que se despedia em sua última travessia. A professora Eliene Alves, que mora há dez anos em Miracema, foi ver de perto a novidade. “Esta ponte é 100%. Vai beneficiar muito nossa cidade e nossa região, é um momento histórico e estou fazendo parte dele”, disse.