Polí­tica

Foto: Humberto Lira

Um requerimento que pede informações detalhadas sobre o equilíbrio financeiro e contábil do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado (Igeprev), proposto pelo deputado Ricardo Ayres (PMDB), foi aprovado na Assembleia Legislativa, na sessão vespertina de ontem, quarta-feira, dia 26. A proposta do parlamentar foi colocada em votação com outras quatro matérias polêmicas, como as que versam sobre os
pedidos de informações à Secretaria de Segurança Pública quanto a utilização de um helicóptero no município de Ponte Alta em operação policial e sobre a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a respeito do seguro do helicóptero PR-SST adquirido pelo Estado por meio de convênio com o Ministério da Justiça em 2008.

Ao todo foram aprovados na ordem do dia, nesta tarde, 46 requerimentos. Dentre eles, cinco de autoria do presidente em exercício da Casa, deputado Eli Borges (PMDB). As matérias solicitam para Araguaína a pavimentação asfáltica do Setor Nova Araguaina e a revitalização de duas praças. A implantação do programa Juventude Sem Drogas também é sugerida em duas
propostas do parlamentar e visa beneficiar jovens das cidades de Wanderlândia, Carmolândia e Araguaína.

Para a população de Colinas, o deputado José Geraldo (PTB) propõe a instalação de uma unidade do “É pra já”, de um posto da Policia Militar, de uma sede para a repartição do Ruraltins, do Dertins e ainda a construção de um hospital regional no município. Já o deputado Toinho Andrade (DEM) requer a implantação do Centro de Hemodiálise em Porto Nacional e a construção de um
prédio para o Instituto Médico Legal (IML), em Araguaçu.

Outros deputados que tiveram requerimentos aprovados na ordem do dia foram José Roberto Forzani (PT), Luana Ribeiro (PR), Raimundo Palito (PP), e Solange Duailibe (PT). As matérias solicitam benefícios e benfeitorias para as cidades de Miracema, Porto Nacional, Centenário, Santa Maria, Recursolândia, Dueré, Formoso do Araguaia, Gurupi, Aliança do Tocantins, Lagoa da Confusão, Aparecida do Rio Negro, Goiatins, Piraquê e Ponte Alta. (Dicom/AL)