Estado

Foto: Divulgação

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) realizou ontem, terça-feira dia 8, na sede da entidade, em Palmas, uma reunião com a participação de cinquenta prefeitos de várias regiões do Estado, além de secretários e dezenas de autoridades.

Dirigida pelo presidente da ATM, prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino (PR) (foto), o encontro discutiu e deliberou sobre vários temas nas áreas de educação, saúde, segurança, infraestrutura e desenvolvimento regional. “Essas reuniões servem para conhecermos a realidade e os principais desafios de cada gestor”, ressalta.

No período da tarde, os prefeitos se encontraram com o Delegado da Receita Federal e assessores a fim de discutir a situação dos municípios com os débitos previdenciários, com a Receita Federal. O prefeito de Tocantinópolis, Fabion Gomes (PR) (foto), presente ao ato, classificou a situação como extremamente complicada, uma vez que os pagamentos dos débitos são provenientes de anos e anos de parcelamento.

Noutro encontro, já no final da tarde, os prefeitos dirigiram-se ao Ministério Público Estadual para entregar entregar um documento assinado por cinquenta prefeitos ao Procurador, Clenan Renault de Melo Pereira, repudiando certas atitudes, como a última declaração, em que afirmou “ que há uma corrupção generalizada nas administrações municipais do Estado”. (Ascom ATM).