Polí­cia

Policiais Civis da 10ª DRPC de Araguatins, prenderam em Axixá (TO), na última sexta-feira, dia 11, por volta das 20h, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, o indiciado Rafael Sousa Santos, 20 anos, brasileiro, solteiro, estudante, natural do município de Serra dos Carajás (PA).

Rafael é acusado de ter executado com disparos de arma de fogo, a vítima Lourivaldo Cunha Mendes, 41 anos, parente do ex-deputado Federal Darcy Coelho. O crime ocorreu no dia 19 de maio deste ano, por volta das 18h30, na chácara Santa Maria, no distrito de Rancho Alegre, município de Araguatins (TO), de propriedade da vítima, que fora executada na frente da esposa.

O crime foi perpetrado com dolo, arquitetado nos mínimos detalhes e executado com a mesma precisão para deixar transparecer que a motivação parecesse vingança ou roubo. No entanto, as investigações apontaram outro motivo de maior relevância jurídica, ou seja, crime de pistolagem.

No momento do crime o indiciado encontrava-se na companhia de um comparsa, o qual já foi identificado pela polícia. Ambos utilizaram uma motocicleta para cometer a ação criminosa e, desta maneira tentar dificultar a identificação dos mesmos.

Em um período relativamente curto, ocorreram alguns assassinatos na região de Araguatins, com as mesmas características do crime cometido pelo acusado e seu comparsa. Agora, com a prisão de Rafael, segundo o delegado regional de Polícia de Araguatins, Carlos Alberto Teixeira de Castro, juntamente com sua equipe, as investigações serão retomadas com o objetivo de identificar o mandante do crime para que o mesmo seja preso o mais rápido possível, assim como o comparsa de Rafael que continua foragido.

O preso se encontra recolhido a Cadeia Pública de Araguatins, onde permanece à disposição da justiça. (Ascom SSP)