Estado

Foto: Divulgação Cerca de 500 aposentados e pensionistas ainda não se recadastraram e podem ter o benefício suspenso Cerca de 500 aposentados e pensionistas ainda não se recadastraram e podem ter o benefício suspenso

Sob pena de suspensão do benefício, o Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins – Igeprev convoca oficialmente todos os segurados inativos e pensionistas que não realizaram o recadastramento em 2010 para comparecerem em caráter de urgência à unidade do Instituto, na capital, com intuito de regularizarem suas pendências junto ao órgão, procedendo ao recadastramento anual, relativo ao ano citado, mediante preenchimento e assinatura do formulário próprio, disponível no site do Igeprev: http://www.igeprev.to.gov.br.

De acordo com o Edital de Convocação, publicado no Diário Oficial do Estado de 09 de novembro de 2011, no qual consta a lista dos convocados, fica sob pena de suspensão o benefício do segurado que não efetuar o recadastramento no prazo de 30 (trinta) dias, a contar da data de publicação deste edital, tendo em vista que já foram concedidos dois períodos anteriores a este, sendo estes: do dia 01 a 30 de setembro, com prorrogação para o período de 01 a 20 de outubro do corrente ano.

Cerca de 500 aposentados e pensionistas não se recadastraram. O recadastramento tem como finalidade atualizar as informações cadastrais e funcionais dos benefícios concedidos pelo Instituto. A convocação é apenas para os faltosos. O Igeprev informa que o não atendimento a essa convocação implica na suspensão do pagamento dos respectivos benefícios, autorizado por Decreto do Governador, conforme prevê o art. 7°, inciso II, da Lei 1614, de 04 de outubro de 2005, que dispõe sobre o Regime Próprio de Previdência Social do Estado do Tocantins – RPPS-TO.

O presidente do Igeprev, Gustavo Silbernagel, lembra que o recadastramento atualizado é benefício concedido com segurança “e melhor qualidade para o segurado”, diz. (Secom)