Polí­cia

Foto: Ascom PM

Numa ação rápida, policiais militares do 5º BPM, em Porto Nacional, prenderam Mário Gonçalves da Silva, 42 anos, natural de Itacarambi/MG, e apreenderam seu comparsa, um menor de 17 anos, por porte ilegal de armas de fogo e tentativa de roubo à residência de um empresário da cidade.

De acordo com o 5º BPM, por volta das 19h25 desta quinta-feira, 17, no centro de Porto Nacional, policiais militares foram acionados pela Central a se deslocarem até a residência de um empresário da cidade, pois segundo vizinhos, eles teriam visto dois homens entrando na casa, quando acionaram a polícia.

Quando os PMs chegaram ao local, já encontraram um dos autores – um menor de 17 anos, natural de Porto Nacional, saindo da residência com uma arma em punho conduzindo joias e dinheiro das vítimas. Sendo avistado pelos policiais, ele recebeu ordem para lagar a arma e deitar no chão. Em seguida foi imobilizado. Momentos depois saiu do interior da residência Mário Gonçalves da Silva, com uma a arma na cabeça da esposa do empresário fazendo-a refém.

Os policiais então deram voz de prisão e determinaram que Mário largasse a arma e deitasse no chão, o qual não apresentou qualquer resistência e acatou a ordem, sendo imobilizado. Segundo testemunhas, a esposa do empresário, sempre com a arma apontada para a sua cabeça pelos autores, era ameaçada a entregar as joias e mostrar onde se encontrava o cofre.

As armas que se encontravam com os autores eram dois revólveres calibre 38, além de munições, drogas e celulares.

Depois de detido, a polícia constatou que o acusado já possui passagem nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Tocantins e Distrito Federal. Além disso, em seu Estado de origem, há, ainda um mandado de prisão em aberto contra o assaltante. Os autores foram conduzidos para a DEPOL, onde foram autuados em flagrante delito por crime tipificado no Art. 157§ 2º inciso I e II c/c 14, inciso II, ambos do CPB (Código Penal Brasileiro). (Com informações da PM)