Polí­tica

O deputado Eli Borges (PMDB) anunciou na tarde desta quarta-feira, dia 23, que a Justiça Federal acatou uma ação movida por ele, e pela comunidade tocantinense, contra o aumento das taxas de energia elétrica no Estado. O documento contém 20 mil assinaturas e pede a redução da tarifa de energia. A ação foi protocolada no último dia 17, após uma manifestação popular nas ruas de Palmas.

Segundo o deputado, a Justiça determinou que a concessionária de energia elétrica Celtins apresente as razões pelas quais determina o custo da tarifa que, de acordo com Eli, é a segunda mais alta do país. “A população precisa entender o porquê de nosso Estado ser produtor e distribuidor de energia e, mesmo assim, ter que pagar um alto custo por ela. Por isso, parabenizo o magistrado que acatou a ação”, disse Eli.

Neste sentido, duas alternativas foram defendidas pelo parlamentar. Em uma delas, propôs “que o governador do Estado cumpra seu compromisso de campanha, quando prometeu buscar meios legais e tributários para baixar a tarifa de energia do Estado”. A segunda opção seria “buscar o caminho da Justiça para que a Celtins demonstre, através de explicações técnicas, as razões para os aumentos abusivos da tarifa”, disse. (Dicom/Al)

Por: Redação

Tags: Assembleia Legislativa, Celtins, Eli Borges