Campo

Foto: Divulgação

Em audiência na tarde desta quinta-feira, 15, em Brasília com o Ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, o deputado federal Júnior Coimbra (PMDB) solicitou a implantação do Programa de Escoamento da Produção de Milho no Estado pelo Governo Federal através do Ministério da Agricultura. Participaram da reunião o Superintendente Estadual do Ministério da Agricultura no Tocantins, Jalbas Manduca e os executivos Eduardo Calleia Junger, Gerente Geral de Fomento da Vale e Daniel Abbud, Gerente Comercial de Fertilizantes da Vale.

Júnior Coimbra ressaltou que a ausência do Programa de Escoamento da Produção de Milho tem sido um fator impeditivo para se alcançar a ampliação da produção no estado em razão dos avicultores do Tocantins se abastecerem com o milho comercializado pelo PEP do Estado de Mato Grosso e da Bahia, que acaba chegando a um preço mais baixo do que seria o referencial de mercado. “Essa sistemática de comercialização do milho pelo Governo Federal acaba configurando um desestímulo aos produtores tocantinenses”, afirmou o deputado.

Coimbra destacou que a criação de uma praça para o PEP do milho no Tocantins na Plataforma Ferroviária de Colinas do Tocantins serviria de referência de preços para a entrega do milho tanto do Tocantins quanto de Mato Grosso ou do Oeste da Bahia.

Os executivos da empresa Vale afirmaram que a plataforma de Colinas já está operando plenamente o transporte de soja. Jalbas Manduca, Superintendente do Ministério da Agricultura no estado, afirmou que tal iniciativa incentivará o setor privado a construir armazéns para milho e também os produtores do Tocantins se sentirão motivados a ampliar suas produções. “Em alguns casos, ficará mais fácil para os produtores do Nordeste do Mato Grosso entregarem o seu produto no pátio da ferrovia em Colinas, do que no próprio estado”, disse Manduca.

Para o deputado Júnior Coimbra, os benefícios totais advindos desta iniciativa terão impactos em toda a região. “Além do aumento da produção local, haverá a consolidação do pátio da ferrovia em Colinas como grande centro de exportação de grãos, o que contribuirá também para o aumento do nível de renda na região”, afirmou.

O ministro Mendes Ribeiro anunciou na reunião que o ministério está tomando todas as providências para que a praça de escoamento da produção do milho seja implantada em um breve período de tempo. “O Estado do Tocantins é hoje uma referência na produção de grãos e tem uma logística de transportes bastante interessante, o que justifica a implantação do PEP do milho no estado”, disse o ministro. (Ascom Júnior Coimbra)