Estado

A Secretaria Estadual da Fazenda realizou na manhã desta terça-feira, 17, leilão de 65 lotes de mercadorias apreendidas nas unidades de fiscalização do órgão, em sua maioria ocorridas nos postos de fronteira, como Estreito e Talismã. O montante arrecadado nos lances foi de aproximadamente R$ 50 mil, de acordo com a Comissão de Leilão, que vem preparando o de carros oficiais, envolvendo veículos de pequeno porte, vans e caminhões para o início do mês de março.

A diversidade da mercadoria que foi a leilão no galpão da Sefaz, em Palmas, foi composta de roupas íntimas e de uso em geral, masculina e feminina, de higienização pessoal, bebidas, material escolar, equipamento e acessórios eletrônicos, entre outros. São produtos que, conforme George Artur Ferreira, presidente da Comissão de leilão da Secretaria da Fazenda, vinham se acumulando na unidade receptora da pasta desde 2001, os quais, somadas às apreensões de 2011, resultaram em uma variedade considerável de itens. Agora, o recurso arrecadado vai para uma conta do Estado, a cargo do Tesouro Estadual.

Quanto ao período longo em que as mercadorias ficaram retidas desde as apreensões dos primeiros lotes, Ferreira atribui aos processos e pendências de ordem administrativa e judicial o fato de não terem ido antes ao pregão. Mais informação quanto a leilões no âmbito da Secretaria da Fazenda podem ser encontradas no endereço eletrônico http://www.sefaz.to.gov.br.