Palmas

A empresa Expresso Miracema, uma das responsáveis pelo transporte público de passageiros de Palmas, foi advertida com cinco autos de infrações pela Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes. Os motivos estão relacionados aos atrasos no cumprimento de alguns horários e a não realização de uma viagem no percurso entre a Estação Javaé, em Taquaralto, e o distrito de Taquaruçu, na semana passada.

Em reunião com a SMSTT, nesta última sexta-feira, 27, o proprietário da empresa, José Antônio dos Santos Júnior (Toninho), afirmou que não vai recorrer e com isso a Miracema será automaticamente multada em 110 Unidades Fiscais de Palmas - UFIPS.

Durante a reunião com integrantes da Secretaria, José Antônio argumentou que, no caso de Taquaruçu, houve equívoco do motorista escalado para a última viagem na noite de terça, às 23h40, que fez rota contrária ao que é estabelecido. “Não vamos recorrer. Estamos errados e reconhecemos isso e vamos avaliar se penalizamos o motorista (repassando o valor da multa) ou não”, assegurou.

Segundo a Secretaria, durante o ano passado a Ouvidoria Municipal registrou cinco reclamações contra o sistema de transportes de passageiros de Palmas. Para Manoel Messias, superintendente de Trânsito e Transportes, todos os usuários podem denunciar quando algo estiver errado, “quando os ônibus não cumprirem os horários ou os motoristas estiverem faltando com respeito. Basta ligar direto para os telefones 190, 0800 64 64 156, 2111-4209 ou 2111-4210. Já houve demissões por desrespeito aos usuários”, afirmou Messias.