Polí­tica

Foto: Divulgação

Na semana passada o governador Siqueira Campos (PSDB) oficializou a troca de vários auxiliares de primeiro escalão mas nenhum deles é dos quadros do DEM. O governo desde o início alega que o perfil dos escolhidos é técnico mas ainda assim dirigentes e líderes do Democratas continuam questionando a falta de representatividade.

O primeiro a questionar foi o vereador Fernando Rezende que é secretário geral do partido. Nesta segunda-feira, 12, em entrevista ao Conexão Tocantins o presidente regional do partido, deputado estadual Osíres Damaso que também é líder do governo na Assembleia Legislativa admitiu que o partido continua esperando.

“Realmente o DEM não tem ninguém no primeiro escalão e estamos na expectativa que possamos ser contemplados quando tiver uma pasta que o DEM tenha uma pessoa com o perfil”, frisou.

O presidente diz entender que os nomeados pelo governador são em razão do perfil técnico e não pelo partido, nesse sentido citou a ex-democrata Miyuki Hiashida que assumiu o Ruraltins na semana passada. Miyuki está no PSD que tem também no governo o deputado Sandoval Cardoso como secretário das Cidades.

Membros do partido chegaram até a cogitar a possibilidade de fazer uma lista com nomes da legenda de perfil técnico para entregar ao governo.