Polí­tica

Foto: Divulgação

Conforme informou o Portal G1, o líder do PR no Senado Blairo Maggi (MT), anunciou na tarde desta terça-feira (3) a criação de um novo bloco partidário de apoio ao governo no qual o PR integra. São 13 parlamentares dentre eles os dois senadores tocantinenses do partido, João Ribeiro e Vicentinho Alves.Desde o anúncio do rompimento nenhum dos dois senadores se pronunciaram sobre a posição do PR. Os dois são próximos do governo Dilma.

De acordo com Maggi, a comunicação do novo bloco foi feito por ele e pelo líder do PTB no Senado, Gim Argelo (DF), em uma reunião com a presidente Dilma Rousseff na manhã desta terça no Palácio do Planalto.

"Conversamos com a presidente Dilma hoje. O PR está voltando a namorar com o governo", disse o líder do PR. Segundo Maggi, durante a conversa com a presidente, ficou o convite para que o PR volte a conversar com o Planalto.

Há três semanas, o PR anunciou o rompimento reclamando da falta de diálogo e da falta de "espaço". O PR reivindicava o comando do Ministério dos Transportes. Segundo Maggi, a reunião desta terça não tratou de cargos para o partido.

Ainda de acordo com o líder do PR, embora o bloco seja de apoio ao governo, o PR e o PTB terão liberdade para analisar cada uma das matérias em apreciação. "É um bloco de apoio ao governo, mas teremos liberdade nas votações", disse.

O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM) comemorou a criação do novo bloco de apoio ao governo Dilma. "Quero cumprimentar a todos pela criação deste novo bloco que amplia a nossa base, ajudando ainda mais a presidente Dilma", disse. (Da Redação com informações do G1)