Polí­cia

Foto: Divulgação

O Governo do Tocantins protocolou na tarde desta terça-feira, 3, na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei número 26, de 3 de abril de 2012, que possibilitará a promoção de até 310 policiais militares. A medida prevê a criação de 200 vagas de terceiro sargento e 70 de segundo sargento – há possibilidade ainda de promoção de 40 militares ao cargo de segundo tenente. A proposta altera a lei 1.676, de 3 de abril de 2006, que dispõe sobre o efetivo e os subsídios da Polícia Militar.

O projeto foi formalizado após audiências com profissionais de diversos segmentos da sociedade, além dos membros da categoria tanto da ativa quanto da reserva. “Trata-se de um projeto que visa modernizar a estrutura da corporação. É uma medida baseada no diálogo com o objetivo de recompor e reestruturar a PM. Precisamos ter uma polícia reorganizada e, dessa forma, teremos uma instituição nos mesmos moldes das PM’s de todo o país”, disse o Governador Siqueira Campos.

Para o Governador, ao propor a reorganização da Polícia Militar do Tocantins, a medida pretende promover reforço no combate ao crime. “Não podemos perder o jogo para o crime. Com uma Polícia Militar organizada e estruturada em suas funções poderemos combater com maior eficácia o crime no Estado.”

O Governador Siqueira Campos fez questão de ressaltar ainda que se mostrou satisfeito com o apoio da força policial em atividade na construção da proposta. “Essa proposta foi remetida aos profissionais e enviamos à Assembleia Legislativa a formalização com a esperança de aceitação e a convicção que foi feita com o intuito de melhorar o trabalho dos valorosos homens e mulheres de nossa instituição”, afirmou. (Secom)

Por: Redação

Tags: Polícia Militar, Secom, Siqueira Campos