Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais-DEIC, de Palmas, chefiada pela Delegada Dra. Liliane Albuquerque Amorim, efetuou o recambiamento de Antônio José da Silva da cidade de Marabá-PA para Palmas-TO, no último dia 23 de Março.

Antônio José era foragido da Casa de Prisão Provisória de Palmas desde o ano de 2006 por não ter retornado de uma saída temporária. Antônio também utilizava o nome de Paulo Henrique da Silva Júnior, vulgo Paulo cicatriz, sendo o mesmo, chefe de uma quadrilha de assaltantes de banco, responsável por assaltos em diversas cidades do Estado, entre elas Talismã, Palmeirópolis, Alvorada, Peixe, Araguacema, Divinópolis, Figueirópolis e Silvanópolis.

A prisão de Antônio José da Silva é fruto de um trabalho conjunto das Polícias Civis do Tocantins, Goiás e Pará, além da Polícia Federal. Isac Alves Siqueira, Thiago da Rocha e Antônio dos Santos Souza, que também fazem parte da quadrilha de Cicatriz, foram presos logo após o assalto que o bando realizou na cidade de Araguacema.

Segundo a Polícia,Antônio José da Silva, vulgo “Cicatriz” é um criminoso de alta periculosidade tendo contra si inúmeros mandados de prisão em aberto por crimes como homicídios cometidos em Goiás, sequestro e assaltos a bancos no Tocantins. Ele também é suspeito de cometer assaltos a bancos em cidades do interior da Bahia. Antônio encontra-se preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas à disposição da justiça. (Ascom PM)