Estado

Foto: Ricardo Almeida

O governador Siqueira Campos (PSDB) reuniu-se nesta terça-feira, 17, com governadores do PSDB no Palácio Iguaçu, em Curitiba, Paraná. No encontro, que acontece a cada quatro meses, foi elaborada a Carta de Curitiba, que tem como tema central a preocupação dos tucanos com a falência federativa e a redução de investimentos. Segundo Siqueira Campos, “a União está deixando de atender os estados e municípios, prejudicando a saúde, a educação e a segurança pública, entre outros setores da administração pública”. Esta constatação do governador do Tocantins é partilhada de forma coesa por todos os governadores tucanos presentes em Curitiba.

Os governadores do PSDB desejam que haja uma relação Republicana por parte da União com todos os Estados. Na carta, os tucanos solicitam agenda com o Governo Federal para redução dos encargos e do pagamento das dívidas com a União e a redistribuição de royalties do petróleo. As propostas de Curitiba devem ser levadas ao Congresso Nacional para serem debatidas com outros partidos.

Estiveram presentes, além de Siqueira Campos e o anfitrião, Beto Richa, os governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin; Minas Gerais, Antônio Anastásia; Pará, Simão Jatene; Goiás, Marconi Perillo; e Roraima, José de Anchieta. O governador de Alagoas faltou ao encontro. Que também esteve presente foi o deputado federal Sérgio Guerra, presidente do partido.

Siqueira Campos seguiu no final da tarde para Brasília, para audiência com o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. (Secom)

Por: Redação

Tags: Governo Federal, Siqueira Campos