Palmas

Foto: Divulgação

Informações de fontes do Conexão Tocantins dão conta de que o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano de Palmas, Evercino Moura Júnior, pediu demissão do cargo após recomendação do Ministério Público Estadual para que o prefeito Raul Filho retire da Câmara de Palmas, o projeto que trata da expansão do Plano Diretor da capital. A informação foi confirmada por um vereador da base do prefeito Raul Filho.

Além de Evercino outro técnico teria pedido também demissão da pasta por entender que o projeto apresenta vícios na legalidade. Segundo ainda a fonte, o secretário se recusou a representar o prefeito na audiência pública da noite desta quarta-feira, 18, que será realizada na região norte de Palmas.

O MPE já avisou que, a recomendação, caso não seja acatada pela Prefeitura, pode configurar um ato de improbidade administrativa.

Evercino assumiu o cargo de secretário em janeiro no lugar de Kenniane Lenir Nogueira.

Em entrevista ao Conexão Tocantins, Evercino confirmou sua saída e frisou que deixou a pasta por motivos pessoais.

(Atualizada em 19/04/2012 às 07h53 min)