Polí­tica

Foto: Divulgação

Vários peemedebistas do Estado estão animados com a possibilidade do ex-governador Marcelo Miranda ocupar a vaga no Senado que hoje é ocupada pelo senador do PR, Vicentinho Alves. Os advogados do partido apresentaram no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de Questão de Ordem no Recurso Extraordinário n.º 636.878 após a decisão do ministro César Peluzo para que o agravo relacionado ao Recurso Contra de Expedição de Diploma n.º 698 (Rced 698) do ex-governador seja republicado.

Enquanto os trâmites na justiça ainda correm, politicamente o grupo de Marcelo começa a se articular para tal possibilidade. Para o presidente do PMDB, deputado federal Júnior Coimbra a movimentação do STF no processo reanimou o partido.

Em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 19, Coimbra frisou que acredita na justiça. “Estamos muito animados e entusiasmados com essa possibilidade. Vamos aguardar os desdobramentos para que possamos colocar Marcelo no mandato”, disse.

Para o presidente, a decisão do povo deve ser soberana. “É difícil ganhar uma eleição e não tomar posse, em política a autoridade principal é o povo e sete ministros não tem o direito de tirar o mandato que o povo deu”, frisou.

Deputados estaduais do partido e prefeitos também estão em contato com Marcelo desejando um resultado favorável ao peemedebista que foi eleito em 2010 mas não assumiu a vaga já que o registro de sua candidatura foi impugnado pela justiça eleitoral.Ao Conexão Tocantins, Marcelo disse mais cedo que está otimista mas prefere aguardar o resultado.