Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Eduardo Gomes (PSDB) esclareceu ao Conexão Tocantins nesta segunda-feira, 23, que não tem a intenção de ser pré-candidato à Prefeitura de Palmas mas também não descartou essa possibilidade. “Quem está vivo e filiado pode ser candidato até dia 30 de junho”, comentou.

Segundo Gomes ele faz política no dia-a-dia levando em consideração principalmente o que o tempo permite. “Quem está filiado pode ser pré-candidato mas essa não é minha intenção”, disse claramente.

O empresário e pré-candidato do PP na capital, Carlos Amastha afirmou hoje à imprensa que Gomes confirmou que é pré-candidato à Prefeitura de Palmas. Com relação à declaração de Amastha, Gomes frisou que eles são muito amigos. “O Amastha é um provocador, ele falou isso para provocar e está fazendo o papel dele”, pontuou.Amastha já chegou a afirmar que poderia apoiar Gomes logo no início das movimentações eleitorais mas agora mantém sua pré-candidatura à Prefeitura da capital pelo PP e busca apoios para viabilizar uma terceira via em Palmas.

Já Gomes prega a unidade no seu grupo político ligado ao governador Siqueira Campos (PSDB) e disse que pretende se integrar mais nesse processo de pré-campanha junto com as demais lideranças partidárias.

No grupo do governo o nome que desponta como pré-candidato é o do pevista Marcelo Lelis que já trabalha para ter o apoio de todos os partidos da base do governador. O secretário de Relações Institucionais Eduardo Siqueira afirmou ao Conexão Tocantins na semana passada que o sentimento popular das ruas vai ser determinante na escolha dos candidatos do grupo.

O presidente do PSDB, Ernani Soares Siqueira comentou ao Conexão Tocantins que pretende conversar com Gomes sobre a real pretensão dele com relação às eleições. “Eu não falei com o deputado, não tratamos desse assunto mas vou conversar com ele”, disse.