Estado

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins – Sindjor/TO fechou proposta salarial de 2012, a ser encaminhada às empresas de comunicação, durante Assembleia Geral realizada na última quinta-feira, 26, na sede da entidade em Palmas.

O piso único para todo o Estado de R$ 1.800 para jornada de cinco horas de trabalho é a principal reivindicação da categoria. Para as demais remunerações será apresentada proposta de reajuste com base na correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e ganho real igual ao salário mínimo.

Este índice contempla a inflação de 5,66%, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) entre junho de 2011 a maio de 2012, mais 18,76% de aumento real, conforme cálculo realizado pelo economista Luso Albateno, da Fieto.

Da pauta, que será apresentada aos empresários, também consta a manutenção dos atuais direitos da categoria. O presidente do Sindjor, Júnior Veras, propôs unificação do piso salarial dos jornalistas, explicando que não justifica pisos diferenciados para uma mesma categoria. (Ascom Sindjor)

Por: Redação

Tags: Fieto, Júnior Veras, Luso Albateno, Sindjor