Polí­cia

Foto: Divulgação

O SIOP (Sistema Integrado de Operações) recebeu a informação na tarde deste último domingo, 6, por volta das 17h30min de que o corpo de um homem havia sido encontrado no córrego que passa dentro da área da sede da Guarda Metropolitana de Palmas.

O local onde o corpo foi encontrado é de difícil acesso, com um barranco com inclinação de aproximadamente 90° e uns 15m de altura. O corpo estava dentro da mata, submerso em água e totalmente preso a entulhos e telas de arame. Foi necessário o empenho e atuação de três equipes no caso.

A guarnição do Corpo de Bombeiros, comandada pela aspirante a oficial, Márcia Marra, utilizou a equipe da USA (Unidade de Suporte Avançado) formada pelo soldado Abraão e soldado Gonzaga, gerenciada pela aspirante, da ABS (Auto Bomba Salvamento) formada pela sargento Gisely, sargento Adevaldo, cabo Souza e soldado Lucas, e na finalização da ocorrência a equipe da UR (Unidade de Resgate) formada pelo sargento Sá, soldado Valle, e soldado Zé Oliveira.

Durante os trabalhos de resgate os bombeiros cortaram a tela de arame que envolvia o corpo, com o intuito de facilitar o serviço dos Peritos Criminais.

Um casal de namorados, que fazia trilha pelo local, encontrou o corpo da vítima que já estava em avançado estado de decomposição. Estiveram no local a Equipe de Peritos da Polícia Civil e o Instituto Médico Legal para a perícia e as devidas providências. (Com informação do Corpo de Bombeiros)