Polí­cia

Foto: Divulgação

Cerca de 15 policiais militares da CIOE – Companhia Independente de Operações Especiais da Polícia Militar e uma equipe da Superintendência Regional da Polícia Federal do Tocantins, dentre o superintendente, Élzio Vicente da Silva, estiveram nesta manhã de terça-feira, 15, no auditório do Quartel do Comando Geral, para uma troca de experiências sobre os procedimentos iniciais em ocorrências com explosivos.

Visando colocar em prática tudo o que foi visto, as equipes realizarão esta semana, nos dias 16, 17 e 18, algumas simulações de resgate de reféns em aeronave e desativação de bombas, no aeroporto de Palmas. O início das ações está previsto para as 14h nos três dias, com a participação dos militares do COE – Comando de Operações Especiais e dos agentes e peritos da Polícia Federal.

Esse trabalho já vem sendo desenvolvido desde o ano passado pelos peritos da PF, Carlos, Marcos e Alexander e o subcomandante e explosivista da Cioe, capitão Abner, com o objetivo de desenvolver ações conjuntas, visando a segurança da comunidade e do policial quando se depararem com ocorrências envolvendo artefatos ou explosivos. A iniciativa dessa preparação dos grupos especializados da PM partiu da Cioe, que com o apoio do Comando Geral pretende repassar as instruções básicas a todos os militares do serviço operacional em todo o Estado. (Ascom PM)