Cultura

Foto: Zilma Guzman

Um musical em que o enredo se passa em uma escola tradicionalfictícia onde as metas, números e posição no ranking da qualidade do ensino são colocadas antes da preparação dos estudantes sem a preocupação em incentivar a participação dos alunos, para que estes aprendem e multipliquem seus conhecimentos e se formem de forma gradual e completa será apresentado a partir de segunda-feira (21) nas escolas da região sul de Palmas e em junho em Gurupi nas escolas Centro de Ensino Médio, entre estas: CEM Santa Rita de Cássia, CEM de Taquaralto e Escola Vale do Sol, depois segue para centro e região norte, respectivamente.

Como meio de criticar um sistema educacional que oprime e cobra dos educandos metas e não valores sem perceber o que o aluno tem a ensinar e desenvolver seu aprendizado por meioda arte, a peça mostra a historia de seis jovens artistas que buscam mudar essa realidade por meio da musica, teatro e dança.

Com o projeto apoiado pela Secretaria Estadual de Cultura do Tocantins por meio dos editais de Apoio a Gravação de CD, e Circulação de Espetáculos Teatrais, e ainda Banco da Amazônia via edital de patrocínio a produção de arte, a Cia. Jovins e Tals realiza a partir da semana que vem uma verdadeira maratona de apresentações nas escolas da rede publica de ensino e de acordo com o diretor da Cia. Thomas Batista, a peça irá beneficiar várias escolas da rede estadual de ensino onde os alunos terão a oportunidade de assistir gratuitamente o trabalho feito pelo grupo dePalmas que há mais de dois anos vem ensaiando a peça. O trabalho irá ainda percorrer as cidades de: Miracema do Tocantins, Miranorte, Cristalândia e Brejinho de Nazaré nomêsde junho.

O grupo que éformado por Aramys Rocha, Ana Caroline Alves, Renata Alves, Karol Peixoto, Paulo Junior e Jairo Alves e surgiu no ano de 2010 com o apoio do Banco da Amazônia por meio do edital de incentivo a culturaquepermitiu a seleção de jovens talentos para a gravação do 1º CD de musicasinéditas.

A peça“Jovins e Tals”nasce em um contexto que leva a discussão a cerca da vida dos jovens tanto no ambiente escolar, familiar e no convívio social. Na peça sonhos são encenados de forma que o publico se encontre em situações vividas pelos atores que compuseram todas asdez canções inéditas que são cantadas ao vivo.