Educação

Foto: Divulgação

Acontece hoje, às 14 horas, no anfiteatro um e dois do bloco D, campus de Palmas, a Assembleia Geral dos Docentes da Universidade Federal do Tocantins (UFT), convocada pela Seção Sindical (SESDUFT), que reunirá as propostas enviadas pelos sete campi da instituição para dar início à votação que decidirá sobre a adesão dos professores à greve nacional, que começou no dia 17.

Na tarde de ontem aconteceram às últimas reuniões de docentes da UFT nos campi de Porto Nacional e Arraias, que definiram por levar a proposta para Assembleia de entrada na greve nacional. Os campi de Araguaína, Gurupi, Palmas, Miracema do Tocantins e Tocantinópolis já havia decido suas propostas em concordância a entrada da UFT no movimento.

Ao todo, 44 Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) já aderiram o movimento resultando em 48 Seções Sindicais. Entretanto, duas IFES deliberaram a deflagração da greve para o dia 28, são elas aUniversidade Federal de Santa Maria– UFSM, Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD e Universidade Federal de Goiás – UFG Campus de Jataí.

Apoio

A greve dos docentes da IFES vem recebendo moções de apoio encaminhadas por conselhos acadêmicos, sindicatos de trabalhadores e entidades estudantis, dentre outros. Nesta quarta, 23, e quinta-feira, 24, representantes do Comando Nacional de Greve dos professores das IFES estiveram no Congresso Nacional para distribuir aos parlamentares um kit greve. O pacote contém apauta de reivindicações da Campanha 2012dos docentes, asnotificações de deflagração de greveenviadas aos ministérios da Educação e do Planejamento,a carta à sociedade brasileiraexplicando por que os professores estão em greve e uma série de notícias publicadas pelo Andes-SN a respeito da mobilização.

Os docentes das instituições federais em greve realizarão atos públicos e grandes assembleias na próxima segunda-feira, 28, quando acontece primeira reunião com o governo após a deflagração da paralisação nacional, em 17 de maio. (Ascom SESDUFT)

Por: Redação

Tags: Andes SN, Greve, Seção Sindical UFT, UFT