Estado

Faleceu na madrugada desta sexta-feira, 22 de junho, em Brasília, Maria de Jesus Pereira Castelo Branco (Dona Dijé), mãe da ex-prefeita de Araguaína Valderez Castelo Branco e pré-candidata à prefeitura pelo Partido Progressista.

Valderez e a família lutavam há mais de 2 anos com o problema de saúde de sua mãe, Dona Dijé, que era portadora de “Mieloma Múltiplo”. O tratamento dessa doença, um tipo raro de câncer, começou em Araguaína. Em setembro de 2011 foi transferida para Brasília onde várias tentativas foram feitas para reverter o quadro que a cada dia se agravava mais. Uma luta incansável que terminou às 2h30 da madrugada desta sexta-feira.

Dona Dijé completaria 76 anos no próximo dia 2 de julho. Seu corpo, que será liberado até o meio dia, vai ser transladado para Araguaína onde será velado na Capela do Hospital e Maternidade Dom Orione. O sepultamento deverá ser realizado já no sábado, 23 de junho, às 10 horas no Cemitério São Lázaro.

De acordo com a assessoria de imprensa do deputado federal Lázaro Botelho (PP), marido de Valderez, a família está de luto, mas ainda assim agradece às manifestações de carinho e conforto de amigos e familiares. (Ascom Lázaro Botelho)