Polí­tica


Apesar de ainda estar negociando a composição dos nomes para a chapa majoritária, o Partido Verde de Gurupi intensificou nas últimas horas os preparativos para a campanha. O PV definiu no dia 18 último que o empresário Mauro Carlesse será candidato a prefeito, e deste então vem estabelecendo contatos com partidos interessados em formar uma frente alternativa nas eleições de outubro. “Não podemos deixar apenas uma opção ao eleitor gurupienses. Estamos interessados em mostrar que podemos construir um projeto de desenvolvimento para esta cidade, a ser definido por pessoas sérias e bem-intencionadas”, afirma o candidato dos Verdes.

Desde o início desta semana, Carlesse está ouvindo dirigentes e candidatos de partidos que possivelmente podem ser aliados, dentre os quais, PSD, PRTB, PSDC, PTdoB, PP, PDT, PTN, PR e PPS. “Nunca imaginamos chegar lá sozinhos, por isso conversar com estas pessoas tem sido importante. É a oportunidade para elas conhecerem nossas ideias e também dizer o que querem para nossa cidade”, diz Carlesse.

Boa parte da conversa com as lideranças tem sido sobre a estrutura da campanha. Esta sempre é a maior preocupação tanto dos presidentes de partidos, quanto dos pré-candidatos a vereador. “Estamos em fase de planejamento, mas já asseguramos aos nossos candidatos que o que estiver em nosso alcance será feito, pois sabemos a importância das lideranças que vão concorrer ao Legislativo, são eles os esteios da campanha da majoritária”, finalizou Mauro Carlesse.

Júlio Fidelis, presidente do PRTB, que esteve com seus pré-candidatos conversando com o candidato do PV nesta quarta-feira, 26, fez questão de ressaltar que o que será disponibilizado para a campanha satisfaz as necessidades do partido. Colemar Nunes, do PTdoB, também ficou satisfeito. “São as condições ideais”, afirma Colemar. (Assessoria)

Por: Redação

Tags: Gurupi, Mauro Carlesse, Partido Verde