Polí­tica

Foto: Divulgação

Já ao final da coletiva que selou a indicação da suplente de vereador, Cirlene Pugliese (PMDB) como pré-candidata a vice-prefeita de Palmas na chapa de Marcelo Lelis (PV), o presidente estadual peemedebista, Junior Coimbra confirmou, ainda, que o partido irá apoiar a candidatura do deputado estadual Sandoval Cardoso (PSD) à presidência da Assembleia Legislativa.

Sandoval deixou recentemente a titularidade da Secretaria Estadual das Cidades e retornou ao mandato na Assembleia Legislativa para concorrer ao cargo.

De acordo com o deputado federal, Sandoval é o nome que agrega as duas bancadas de oposição e governistas da AL. Coimbra lembrou as raízes eleitorais de Sandoval que foi eleito deputado estadual pelo PMDB. “O deputado Sandoval foi eleito na nossa base. Ele é o nome indicado para receber o apoio do PMDB”, disse.

Pugliese

Cerca de um mês atrás, o deputado José Augusto Pugliese (PMDB), durante evento da União Nacional dos Legisladores Estaduais (Unale), em Pernambuco, confirmou sua pré-candidatura à presidência da Mesa Diretora. Na ocasião, o deputado recebeu, ainda, apoio de colegas de bancada de oposição.

O presidente do PMDB, no entanto, informou que José Augusto retirou sua candidatura para apoiar Sandoval Cardoso. Com isto, a candidatura de Cardoso ganha força dentro da Assembleia, unificando base de governo com o maior partido da bancada de oposição.

Com a retirada da candidatura de Pugliese, a eleição da Mesa Diretora começa a ganhar ares e candidatura única, uma vez que a candidatura de Sandoval foi, conforme informações de bastidores, indicação do governador Siqueira Campos (PSDB).

Além de Sandoval, contudo, ainda resistem outros três nomes como pré-candidatos na Assembleia Legislativa. Osires Damaso (DEM), José Bonifácio (PR) e Amélio Cayres (PR) ainda não retiraram seus nomes da disputa.