Cultura


Os amantes de cinema e esportes podem conferir a mostra Heróis do Esporte, com três documentários nacionais, no CineSesc Gurupi até este domingo, 1º de julho. Os filmes B-1 Tenório em Pequim, Isto é Pelé e Garrincha – Alegria do povo estão em exibição às 16h e 19h30.

B-1 – Tenório em Pequim é um documentário sobre o judoca Antônio Tenório. O que faz um campeão? Perseverança, sacrifício e disciplina somam-se na jornada de Tenório, judoca profissional classificado como B1 – cego total. Isolamento e solidão são alguns dos desafios enfrentados por este brasileiro espetacular em um projeto inédito, a conquista de uma quarta medalha de ouro em Paraolimpíadas. Filmado no Brasil, França e China, o documentário “B1 – Tenório em Pequim” mergulha na sensibilidade de um personagem explosivo e tocante, e narra por um ponto de vista que nada tem de deficiente a preparação para este grande combate, numa emocionante viagem cinematográfica.

O outro documentário é “Isto é Pelé”. O ídolo do futebol mundial aparece na época das filmagens, correndo nas praias de Santos, orientando os jogadores infantis do Santos Futebol Clube, fazendo exames médicos no clube e praticando atletismo. Nas cenas de arquivo sobre a sua carreira de futebolista, as primeiras imagens mostram sua "volta olímpica" no Maracanã, quando de sua despedida da Seleção Brasileira em 1971.

A seguir, aparece a Copa do Mundo de 1958, mostrando em detalhes seus gols e jogadas principalmente na semi-final com a França e na final com a Suécia. Pelé, contudo, destaca seu gol contra o País de Gales que, segundo ele, lhe deu confiança para jogar como titular da seleção brasileira. As Copas seguintes são mostradas também, principalmente a do México. Pelo Santos, aparecem vários gols, especialmente o de número mil marcado em 1969 e a final com o Benfica em 1962.

E encerrando a mostra o público vai poder conferir “Garrincha – Alegria do povo”. Documentário sobre o mais famoso driblador do futebol brasileiro (e talvez da história do futebol) no apogeu de sua carreira, mostrando cenas clássicas das Copas do Mundo de 1958 e 1962. Garrincha foi um jogador muito talentoso e original, conhecido também por suas pernas tortas. Mulheres e o álcool foram as suas paixões, que acabaram por causar seu declínio. Após uma carreira gloriosa, morreu na miséria e esquecido. O documentário é o primeiro da história do cinema brasileiro de tema esportivo.

Por: Redação

Tags: Cine Sesc, Documentários, Sesc