Cultura

A cidade de Pedro Afonso, a 206 km de Palmas, passa, a partir deste domingo, 08, a ser cenário das locações do curta-metragem “A Hora Mágica”, primeira obra audiovisual de ficção produzida na região. Esse foi o abrigo que o premiado documentarista Wherbert Araújo (O Mistério do Globo Ocular) se refugiou para realizar sua primeira obra de ficção. “O enredo integra elementos históricos sobre a cidade a partir de 1989,” adianta.

Conforme o diretor, investimentos já estão sendo realizados na produção do filme. “A história começa e termina com imagens de Pedro Afonso. Para isso, estamos investindo em captações aéreas, principalmente com imagens do encontro dos rios Sono e Tocantins e da famosa praia do Rio Sono”, ressalta. O curta reúne acontecimentos reais e ficcionais - diz o diretor - através do olhar sensível de três crianças que se tornaram adultas, mas nunca perderam a ligação afetiva com a cidade.

Com uma equipe de mais de 20 pessoas entre técnicos, assistentes e elenco, o filme “A Hora Mágica” acompanha o contexto histórico da década de 80, e reúne, em grande parte do elenco e figurantes, os próprios moradores da cidade. “Nossa intenção é formar atores para a produção do filme, principalmente do elenco infantil. Também vamos aproveitar grande parte da mão-de-obra com colaboradores locais, para valorizar o pessoal da nossa terra”, diz.

Apoio

O projeto do filme “A Hora Mágica” foi selecionado nos Editais de Cultura 2011 do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Cultura. Conforme Wherbert, o apoio da classe empresarial está sendo essencial para a finalização do projeto. “Um grupo de empresários de Pedro Afonso, por exemplo, decidiu apoiar financeiramente a produção do filme” salienta. O empresário Jeferson Hining, que mobilizou os empresários para apoiar a produção da obra, afirmou ter visto no projeto a oportunidade de valorizar a história de Pedro Afonso.

Direção

Wherbert Araújo é cinéfilo e jornalista de formação. Natural de Pedro Afonso, já trabalhou comorepórter e produtor em diversos meios de comunicação do estado. Diretor do documentário "O Mistério do Globo Ocular", pelo programa DOC TV IV, produziu o curta "As Portas" e foi vencedor da segunda edição do CHICO - festival de cinema do Tocantins com o curta "Extremos".

"A Hora Mágica" é seu primeiro curta metragem em que ele assina o roteiro e direção. (Ascom)