Polí­cia

Foto: Divulgação

Na tarde desta última terça-feira, 10, no km 329 da BR-153, no posto da Polícia Rodoviária Federal de Guaraí, foi autuado por transitar com o veículo com excesso de carga, um motorista de 32 anos, que conduzia um veículo do tipo Bitrem, carregado com 75 toneladas de piso cerâmico.

De acordo com a PRF, deste total mais de 38 toneladas excedem a capacidade de carga permitida para veículo fiscalizado. Além de ser autuado em mais de R$ 10.500 por esta infração o condutor foi obrigado a realizar transbordo do excesso de peso, tarefa que demandou a utilização de outros três caminhões trucados em função do tamanho do excedente.

Danos à via e risco de acidente

O transporte de carga com excesso de peso desgasta prematuramente o pavimento das rodovias, reduz a vida útil de pneus, suspensão, freios e do sistema motriz dos veículos que as tracionam aumentando a chance de ocorrer acidentes. Desta maneira, segundo a Polícia Rodoviária, visando à preservação da vida dos usuários das rodovias.

Recentemente a PRF e o Ministério Público federal celebraram um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC). O principal objetivo deste TAC é combater de forma mais efetiva o excesso de peso. Tanto os transportadores autônomos como os veículos de empresas estarão sendo fiscalizados para verificação do peso da carga e, na hipótese de haver excesso, serão autuados pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e também poderão responder ação proposta pelo Ministério Público. (Ascom PRF)