Estado

Foto: Divulgação

Na última sexta-feira, 13, as Secretarias Estaduais da Comunicação e do Meio Ambiente reuniram representantes dos órgãos envolvidos no Programa de Ação e Combate as Queimadas do Tocantins (PACQTO), para definir o pessoal que irá compor as equipes da Brigada da Comunicação. Esta Brigada enviará às cidades predefinidas pelo Programa, equipes que irão desenvolver um trabalho de mobilização nas comunidades urbanas e rurais das cidades que tiveram um índice de queimadas significativo, no ano passado.

Representando a superintendente da Secom, Eliane Campos, que é uma das idealizadoras doProjeto, Rona França apresentou as novidades do PACQTO e as demandas necessárias ainício dos trabalhos que serão desenvolvidos pela Brigada.

De acordo com Rona França, essa é uma das ações do PACQTO que tem vertentes distintas, como prevenir, educar e fiscalizar. Ela então comentou o critério para a escolha das cidades.O Programa irá optar por aquelas cidades que apresentaram mais queimada no ano anterior.A Brigada da Comunicação irá visitar as escolas, o comércio, a zona rural, com distribuiçãode materiais impressos com orientações e fará ainda um trabalho especial junto às crianças,com a apresentação de um teatro e a distribuição do álbum promocional. Será um trabalhovoltado para a região urbana e para região rural. No ano passado foram investidos cerca de Rnt,6 milhões nesse projeto e a estimativa para esse ano é que se alcancemos um investimentoainda maior para o PACQTO”, esclareceu.

O PACQTO é um programa continuado e antes de ajustar o cronograma das ações, ficouacertado entre os participantes, que será expedido um documento a todos os órgãosenvolvidos no Projeto, para indicação das pessoas que serão disponibilizadas e que receberãouma capacitação e em seguida realizar a divisão dos grupos.

No encerramento do encontro, Rona França considerou a reunião produtiva epontuou. “Avançamos bastante no aspecto da praticidade da ação da Brigada daComunicação. O ano passado foram dois grupos que trabalharam em regiões distintas,mas nesse ano, devido ao número de cidades, há uma expectativa que possa ser aumentadapara quatro a quantidade de grupos. Além da indicação do pessoal para integrar a Brigadae participar da capacitação, foi esclarecido o critério de escolha das cidades, agendada adefinição do cronograma e também foram avaliadas as necessidades de ajustes, mudanças emelhorias em relação ao que já foi feito”, avaliou, detalhando os assuntos tratados.

A previsão é que até a próxima terça-feira, 17, a Secom e a Semades recebam os nomes do pessoal que irá compor as equipes e em breve, ambas realizarão a divulgação do cronograma das cidades a serem visitadas. Participaram dessa reunião representantes da Secretaria daComunicação, da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da DefesaCivil Estadual, do Ministério Público Federal, da Secretaria da Juventude e dosEsportes (Sejuves), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis/Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Ibama/Prevfogo), da CompanhiaIndependente de Polícia Militar Ambiental (Cipama), do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins)e da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec).

O PACQTO

O Programa de Ações de Controle de Queimadas do Tocantins (PACQTO)é umprograma de ações continuadas realizado pelo Comitê do Fogo com o objetivo dereduzir significativamente o número de ocorrências de incêndios florestais e queimadasdescontroladas no Estado que são ocasionados por fatores naturais, analfabetismo ambientalda população, acidentes e incidentes.

Brigada da Comunicação

O Comitê de Combate de Incêndios Florestais e Combate de Queimadas, através doPrograma de Ação e Controle de Queimadas no Tocantins (PACQTO), instituiu a Brigada daComunicação contra as Queimadas, formada por representantes de todas as instituições quecompõem o Comitê. (Ascom Semades)