Geral

Foto: Divulgação

A equipe do Núcleo de Educação e Urgência do Samu/Palmas apresenta o projeto “Uma Vida não tem preço”, aos diretores dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) “A”. A reunião acontece na segunda feira, dia 23, às 9 horas, no auditório da Samu, à Avenida Teotônio Segurado.

O projeto tem por objetivo orientar futuros motociclistas quanto aos perigos do trânsito e informar sobre as consequências para a saúde física e psicológica que recaem sobre as vítimas de acidentes de trânsito.

“Através de uma roda de conversa, vamos mostrar aos alunos, a fragilidade do corpo humano e como um acidente de trânsito pode incapacitar uma pessoa. A conscientização é o foco para reduzir esses acidentes pois, maioria deles poderia ser evitada”, afirma Claudete - do Núcleo de Educação do Samu.

Acidentes com moto

A ação faz parte do Projeto Vida no Trânsito - PVT e é uma resposta aos índices elevados de acidentes de trânsito envolvendo motociclistas na Capital nos últimos anos. Segundo a Subcomissão de Dados e Informações do PVT, dos 283 acidentes de trânsito com vítimas graves e fatais, ocorridos em 2011, mais de 80% eram com motociclistas e 8,5% apresentavam algum nível de alcoolemia.

São parceiros as instituições : Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes, a Semus, o Instituto Ortopédico de Palmas - IOP, Detran e a Secretaria Estadual de Saúde. (Assessoria)