Estado

Foto: Divulgação

Secretários de Estado, representantes de sindicatos e entidades ligadas ao setor da saúde do Tocantins definiram nesta última terça-feira, 17, a criação de um fórum permanente de discussões do setor. Na prática, o grupo se compromete estar unido em torno da discussão dos problemas e iniciativas para buscar a melhoria do setor da saúde tocantinense. “É uma mesa de negociação que estará permanente aberta, sem prejuízo algum aos sindicatos e entidades representantes das categorias. Pelo contrário, a partir do diálogo, ações e iniciativas feitas com base na união e objetivo principal, que é uma saúde melhor”, disse o secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos, que recebeu os representantes da categoria para a reunião em seu gabinete no Palácio Araguaia.

Trata-se de grupo permanente que envolverá todos os setores do governo em diálogo constante com os representantes dos profissionais do setor. “Temos de superar os problemas da saúde com integração, diálogo e dedicação de todos”, disse o secretário.

Durante a reunião, foi discutida também a formalização de uma proposta para regulamentação do pagamento das gratificações dos servidores da saúde. “Vamos buscar modelos que contemplem a necessidade dos servidores dentro de uma forma jurídica que contemple a categoria e resulte na busca incessante pelo melhor atendimento à população”, disse o secretário.

A presidente do Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins (SIMED-TO), Janice Painkow, deixou a reunião satisfeita com o avanço nas tratativas com o governo. “O importante é que a solução será baseada no diálogo. Agora vamos aprofundar as negociações, os debates para chegar a um consenso.”

Representando o governo, a reunião contou com a participação ainda do secretário de Saúde, Nicolau Esteves, o executivo da pasta, Luiz Fernando Freesz, e do secretário de Administração, Lúcio Mascarenhas. Já os servidores da saúde foram representados por membros da diretoria do Simed, o tesoureiro do Conselho Regional de Medicina, Elto Quintino, o presidente do Sindicato dos Farmacêuticos, Ismael Sabino, a presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Tocantins, Léia Ayres Cavalcante, e do diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins, Getúlio Souza Araújo. (Ascom Relações Institucionais)