Polí­cia

Foto: Divulgação

Desde o dia 13 deste mês de julho, tropas do 22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro, sob o comando do cel Marco Antônio Martin Silva, instalaram-se na cidade de Gurupi com a finalidade de fazer levantamento estratégico de área, promover a interação com a sociedade civil, instituições de Segurança Pública e autoridades locais para desencadear a “Operação Jaguará III”.

A Operação está sendo desenvolvida em toda a região sul do Estado com abrangência de 31 municípios, para os quais foram designados grupamentos de militares do Exército para fazer o reconhecimento da área e interação com a população.

Ao todo, 200 homens estão sendo empregados na Operação Jaguará III, os quais têm ainda a missão de reconhecerem os aspectos geográficos de cada município da região, onde eventualmente poderão ser designados para reforçarem o policiamento durante o pleito eleitoral de outubro deste ano.

Em virtude da passagem da tropa pela cidade de Gurupi, local onde foi instalada a base de comando da Operação, considerando ainda a necessidade de interação com os órgãos de Segurança Pública, o Cel Martin, o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, TC Edvan, e o delegado regional de Gurupi, Dr. Fábio, se reuniram e operacionalizaram ação conjunta que teve início na noite desta quarta-feira, 18.

O objetivo dessa ação conjunta é de fortalecimento das instituições de Segurança Pública em parceria com o Exército Brasileiro, cujo efetivo foi utilizado na realização de barreiras, abordagens e buscas em veículos e pessoas suspeitas com vistas à repressão ao tráfico de drogas e armas de fogo.

Durante a realização da primeira etapa da Operação não foi registrada nenhuma ocorrência de vulto, haja vista a presença de maior número de policiais nas ruas. O comandante do 4º BPM considerou positivo o resultado da operação, o que desestimulou ações delituosas e garantiu mais segurança e tranquilidade à sociedade. (Assessoria)