Campo

Foto: Divulgação

Levantamento realizado pela Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário (Seagro) - aponta que os agricultores familiares do Tocantins tiveram cerca de 50% a mais de recursos financiados para a safra 2011/12. O montante disponibilizado para esta safra pelo Governo Federal, através dos bancos públicos (Amazônia e Brasil), foi de R$ 182 milhões, que foi totalmente utilizado pelos produtores. Na safra 2010/2011, o valor liberado foi de R$ 122 milhões.

Os recursos para a agricultura familiar são voltados para investimentos (compra de animais e equipamentos agrícolas) e custeio (financiamento do plantio). Além da produção, os financiamentos também são utilizados para subsidiar custos de comercialização dos alimentos produzidos nos assentamentos e nas pequenas propriedades rurais do Tocantins.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Seagro, Francisco Mesquita, o aumento de recursos financiados aos agricultores familiares do Estado se deve à expectativa de comercialização, com o Programa Compra Direta, e as negociações de dívidas. “Com o apoio dos programas de incentivo a produção do Governo Federal e do Governo do Tocantins os agricultores tem garantias para comercializar sua produção”, avaliou Mesquita.

Programa

Com o Pronaf – Programa Nacional de Desenvolvimento da Agricultura Familiar, agricultores dos assentamentos do Incra - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, do Programa Crédito Fundiário e das pequenas propriedade têm acesso a linhas de crédito, com juros diferenciados. No Tocantins são 28 mil famílias de assentados e 14 mil de pequenas propriedades, o que corresponde a cerca de 120 mil agricultores familiares. (Ascom/Seagro)