Polí­tica

Mesmo depois de marcadas sessões extraordinárias para esta quarta-feira, 24, na Assembleia Legislativa, o governo possivelmente precisará esperar ainda mais um tempo para aprovar as matérias que enviou ao Legislativo. O deputado Sargento Aragão (PPS) já antecipou, mesmo antes do início da primeira sessão que pretende pedir vistas de todos os projetos encaminhados pelo Executivo.

As extras foram marcadas de ofício durante o recesso da Casa de Leis, a pedido do presidetne da AL, deputado Raimundo Moreira (PSDB) para analisar e aprovar, entre outros projetos, matérias que dizem respeito à Saúde, reestruturação de secretarias, além de um empréstimo junto ao BNDES.

O deputado do PPS, no entanto, reclamou de não ter recebido com antecedência o teor das matérias do Executivo e prometeu pedir vistas de todas as matérias das quais fizer parte em comissão. “Como é que pode colocarem propostas para serem aprovadas sem o nosso conhecimento?”, questionou.

Caso o pedido de vistas de Aragão seja confirmado, o deputado terá um prazo de até 24 horas para devolver as matérias com seu parecer. Com isto, possivelmente sejam marcadas mais sessões extraordinárias para esta semana. Vale ressaltar que desde o ano passado, depois de mudanças no Regimento Interno da Casa, as extras deixaram de ser remuneradas.