Polí­tica

Foto: Clayton Cristus / Dicom AL

A assessoria de imprensa do deputado Wanderlei Barbosa (ex-PSB) confirmou na manhã desta quarta-feira, 25, que o parlamentar deixou a legenda para presidir o novo Partido Ecológico Nacional (PEN). De acordo com a legislação eleitoral, por ser uma composição com uma legenda nova, Wanderlei possui segurança legal para trocar de partido.

O processo de “fritura” de Wanderlei dentro do PSB começou com as discussões sobre uma possível candidatura própria do partido para as eleições municipais deste ano. O deputado, desde o início do processo se declarou possível candidato à Prefeitura de Palmas pela legenda.

Depois de acordos costurados diretamente com a presidência do PSB, no entanto, a candidatura de Wanderlei Barbosa foi preterida para que o partido lançasse o nome do ex-reitor da Universidade Federal do Tocantins, Alan Barbiero (presidente metropolitano do PSB) como vice na chapa da deputada Luana Ribeiro (PR). A insatisfação de Barbosa com a situação culminou com a não participação do deputado da convenção municipal de sua antiga sigla.

Toda a situação, em conjunto com o convite para integrar o novo partido como presidente regional do PEN, levou Wanderlei Barbosa a deixar o PSB. O deputado está em viagem e ainda não foi possível contato diretamente com ele. Contudo, sua assessoria confirmou que na próxima sexta-feira estará em Palmas e concederá entrevista esclarecendo todos os pontos de sua transferência partidária.