Meio Ambiente

Foto: Divulgação

A Defesa Civil concluiu esta semana, levantamento dos municípios tocantinenses que mais registraram focos de incêndio nos últimos 10 anos (2002 a 2011). Dos 139 municípios 21 apareceram no levantamento realizado segundo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE. Em nove anos, Formoso do Araguaia e Lagoa da Confusão além de serem municípios reincidentes sempre estão como os primeiros do ranking, seguidos da cidade de Pium.

O estudo apontou que 2010 foi o ano mais crítico, totalizando 19.401 focos de incêndio, número que colocou o Tocantins em segundo lugar no ranking nacional, enquanto 2009 registrou 4.057. Só o município de Lagoa da Confusão apresentou 2.106 focos em 2010, dado maior que a soma de focos dos 10 primeiros municípios do ano anterior.

Os gráficos do estudo mostram que a capital Palmas, mesmo não figurando entre as cidades que mais registram focos, aparece na 50ª posição com um total de 95 focos registrados em 2002, e assim se mantem nos anos seguintes, numa posição sem grande destaque.

Para o major Carlos Eduardo de Souza Farias, o levantamento e a avaliação destes dados, poderá subsidiar os órgãos governamentais a formatar novas políticas públicas a serem direcionadas aos municípios que mais contribuem com a situação crítica das queimadas no Estado. “Para planejar ações de prevenção é preciso identificar os dados, conhecer, avaliar, esses levantamentos nos colocam mais próximos das soluções”, salientou Farias.

Confira abaixo os Municípios com Maiores Registros de Focos de Calor nos Últimos 10 anos.