Campo

Foto: Divulgação

Motivados pelos resultados positivos da safra anterior, produtores tocantinenses deverão ampliar em 8% a área plantada de soja no Estado, para a safra 2012/13. O plantio deve iniciar em outubro, passando dos atuais 441,52 mil hectares para 476,84 mil e a projeção da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário é que a produção acompanhe esse crescimento.

Segundo dados da Conab – Companhia Nacional de Abastecimento Brasileiro a produção de soja no Tocantins, na safra 2011/12 foi de1.359 mil toneladas. Com a previsão de aumento em torno de 8%, essa produção pode chegar a 1.467,72 mil toneladas ao final da safra 2012/13.

De acordo com o diretor de Sustentabilidade no Agronegócio da Seagro, Corombert Leão, o bom momento da comercialização da soja justifica a ampliação de área de plantio. “Nesse ano houve valorização no preço da soja e aumento na demanda mundial do produto”, explica o diretor, acrescentando: “Países como Estados Unidos e Argentina tiveram produção menor, por razões climáticas e por redução de área, o que não aconteceu no Brasil”.

No Tocantins, assim com o acontece na maior parte do Brasil, a expansão da soja ocorre em áreas, antes dominadas por pastagens degradadas. No Estado, há três grandes regiões produtoras: região central (Porto Nacional, Silvanópolis e Santa Rosa), a região da Garganta (Mateiros e Dianópolis) e a região de Campos Lindos. (Ascom Seagro)