Cultura

A Fundação Cultural de Palmas (FCP) realiza a plenária final do Plano Municipal de Cultura, nesta quinta-feira, 09, de 14 às 18 horas, no Cine Cultura – Sala Sinhozinho, localizado no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho. Na ocasião será apresentada uma minuta com as proposições e as moções levantadas nos seis mini-fóruns comunitários realizados nas diversas regiões da Capital com as demandas culturais da cidade para construção do Plano Municipal de Cultura.

Segundo a Presidente da FCP, professora Kátia Maia, a plenária é aberta à participação da sociedade civil, poder público, e entidades que atuem no município de forma que as propostas para compor o Plano sejam aprovadas em audiência pública com ampla participação social. “Todas as propostas dos fóruns foram registradas em atas e sistematizadas no formato de relatório geral, observando os grupos temáticos: memória, patrimônio e cidade; cidadania e cultura; gestão e financiamento da cultura; cultura e desenvolvimento sustentável, democratização e acesso aos equipamentos culturais”, explicou.

Para desenvolver um processo de ampla mobilização social, foi adotada como metodologia a formação de grupos de trabalhos, compondo-se de assessoria de comunicação; mobilização; sistematização das ações e relatorias parciais; assessoria jurídica; comunicação interna e secretaria. A assessoria de comunicação criou o blog para ampliar as possibilidades de interação.

Cultura 10

Os mini-fóruns foram encontros estratégicos, realizados em ação conjunta entre o Cultura 10 (Fórum Permanente para a Elaboração do Plano Municipal de Cultura - PMCP) e a FCP, pelo qual, instituições, artistas, professores, e a comunidade levantaram vários elementos relacionados a política cultural, que compreenderam temas como patrimônio, turismo, educação e transporte, contribuindo com a construção do Plano para os próximos 10 anos.

Segundo JB Franca, um dos relatores do Plano, dentro do que foi proposto pela classe artística e a população em geral durante os mini-fóruns, há muitas semelhanças nas demandas nas diversas regiões, embora tenham suas singularidades. “Na retomada final estamos enxugando o relatório para uma melhor compreensão, porém, vale lembrar que é de extrema importância a participação de todos nesta plenária” convida Franca.

Plano Municipal de Cultura

O Plano Municipal de Cultura de Palmas implementará políticas públicas de Estado que garantam o acesso ao setor das culturas e das artes, tais como fomento, criação, produção, preservação, difusão. Focará também na economia da cultura que deverá ser pensada como um setor produtivo, pela consonância de ser um vetor de desenvolvimento econômico e incluir socialmente o cidadão, oportunizando uma cultura de paz.

O Plano deve ser pensado como estratégico para o desenvolvimento e sustentabilidade do planejamento e fomento das atividades culturais e artísticas, bem como para a valorização/preservação/revitalização do conjunto de bens materiais e imateriais, que contam e remontam a história de Palmas e sua estreita relação com o meio ambiente.

Para o Diretor de Articulação e Difusão Cultural da FCP, Cícero Belém, responsável pela mediação das discussões nos mini-fóruns a elaboração do Plano Municipal de Cultura para o decênio 2012-2021 está pautado pelos princípios norteadores do Plano Nacional de Cultura, conforme a lei n° 12.343, de dezembro de 2010. (Ascom FCP)