Cultura

Foto: Divulgação

Eleito o Melhor Bailarino do Mundo no Prix de Lausanne na Suíça deste ano, o bailarino Edson Barbosa, estará em Palmas entre os dias 16 e 18 deste mês para participar de uma Oficina de Dança, organizada pela academia Verbo Dance.

Barbosa aceitou o convite com o intuito de divulgar e incentivar iniciativas culturais da dança no Estado, uma vez que ele mesmo, quando residia em Palmas, sofreu pela falta de oportunidades para seguir na carreira no Tocantins, necessitando ir para o Rio de Janeiro em busca de melhores professores e incentivos.

“O interesse é que essa realidade mude e que os nossos talentos do Tocantins, que não são poucos, não tenham a necessidade de migrar para outros lugares para poderem ter oportunidades e seguirem na carreira da Dança” ressaltou Edson, que recentemente foi eleito também o Melhor Bailarino do Festival Internacional de Dança de Joinville.

Na oportunidade Barbosa irá ministrar uma palestra sobre sua história de vida e participará de um bate-papo com alunos da escola de dança.

Melhor do Mundo

O brasileiro Edson Barbosa foi eleito o melhor bailarino do mundo pelo 40º Prix de Lausanne, na Suíça.

Único brasileiro dentre os selecionados, ele foi classificado o melhor na categoria masculina e o terceiro do ranking, atrás da japonesa Madoka Sugai e da americana Hannah Bettes.

Barbosa saiu do Tocantins e foi para o Rio em 2006, onde ganhou uma bolsa de estudos no Grupo Cultural de Dança Ilha.

O Prix de Lausanne, realizado anualmente desde 1973, é um concurso internacional de dança para jovens bailarinos. (Assessoria)