Campo

Foto: Divulgação

O Ruraltins - Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins promoveu na tarde desta terça-feira, 7 de agosto, na sede do escritório central, em Palmas, uma reunião entre pesquisadores da Embrapa Agroindústria de Alimentos e representantes da Adapec, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Agrário, Vigilância Sanitária e da Ascabras – Associação de Pequenos Produtores de Leite de Cabra. O encontro teve como propósito apresentar ao grupo um plano de ação em Boas Práticas de Fabricação (BPF) em Agroindústrias Familiares.

Segundo o pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, do Rio de Janeiro, Fénelon do Nascimento Neto, as informações para a implementação das BPF serão repassadas em cursos previstos para acontecer no próximo mês de setembro, na capital. A iniciativa tem por objetivo despertar o censo critico no sentido de aplicar o que rege a legislação sanitária, que envolve a segurança na produção e no processamento de alimentos em agroindústrias familiares no Estado.
“Os atores desse processo serão os produtores das agroindústrias, os técnicos da extensão rural, da fiscalização e vigilância sanitária. Queremos formar agentes multiplicadores, pois a falta de informação muitas vezes impede a adoção de boas práticas que garantam ao consumidor um produto de qualidade”, destacou o pesquisador.
Os pesquisadores esperam que ao final da capacitação os participantes tenham condições de elaborar um manual de boas práticas de fabricação, já que o grande desafio para os técnicos multiplicadores treinados é internalizar nas agroindústrias familiares as informações referentes às BPF.
Agroindústrias Familiares
Três Agroindústrias Familiares do Estado foram visitadas pelos pesquisadores da Embrapa e serão colaboradoras na experiência de internalização das BPF. As empresas foram indicadas pelo Ruraltins.(Ascom Ruraltins)