Estado

Foto: Divulgação

O governo do Estado instaurou, nesta semana, equipe para tomada especial de contas para analisar possíveis danos ao erário causados pela empresa Tocantins Market – Análise e Investigação de Mercado Ltda, contratada para prestar serviços de Call Center e ouvidoria da gestão. A informação foi publicada no Diário Oficial da última sexta-feira.

De acordo com o governo, a empresa teve contrato em vigência por dois, iniciando em 28 de janeiro de 2009 e encerrando no dia 27 do mesmo mês no ano de 2011. Ao todo, foram pagos R$ 5.032.798,32, refletindo em um pagamento mensal de R$ 209.699,93. Segundo informado pela Secretaria Estadual de Comunicação, o governo entrou com um montante de R$ 4.403.698,53.

Tomadas de Contas Especial

A Tomada de Contas foi uma determinação da Controladoria Geral do Estado, que indicou à Secom e ao gabinete do governador, que instaurassem a investigação. Como as investigações ainda devem ser feitas pela equipe do governo, ainda não se tem um parâmetro de prejuízos ao erário supostamente causados pela empresa.

A equipe que deverá analisar os contratos e a atuação da empresa no setor de Call Center do governo do Tocantins durante o período citado acima, é formada por três servidores indicados pela gestão. Ao todo, o grupo terá um prazo inicial de 30 dias para averiguar a existência de danos ao erário, podendo o prazo ser estendido por mais 30 dias.