Saúde

Foto: Divulgação
 

O Governo do Estado por meio da Sesau – Secretaria de Estado da Saúde assumiu nesta terça-feira, 14, o compromisso de melhorar o atendimento prestado aos dependentes químicos do Tocantins. Este compromisso vem respaldar o trabalho já desenvolvido pela Sesau, na consolidação de uma Rede de Atenção Psicossocial do Tocantins, que conta atualmente com centros de apoio em 11 municípios, conhecidos como CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, 10 leitos de internação para desintoxicação no Hospital Geral de Palmas e centros de atenção 24 horas nas cidades de Palmas e Araguaina.

Para fortalecer esta rede a Sesau prevê a abertura de seis novos Caps I, três Caps AD III – 24 horas, três Unidades de Acolhimento Terapêutico Transitório, dois Caps Infantis e um acréscimo de 60 leitos de internações nos hospitais do Estado até 2015, que dará cobertura a 100% do território tocantinense.

Enquanto esta rede não se consolida o Governo vem garantindo atendimento a diversos pacientes, desde junho de 2011 providenciou internações para 33 pessoas em diversas clínicas e Estados do país.

No acordo firmado junto aos Ministérios Públicos Estadual e Federal, Defensoria Pública Estadual e da União foi instituído a formação de uma comissão multilareral responsável pela formulação de um relatório do serviço atendimento aos dependentes químicos. A comissão será composta por membros da Secretaria da Saúde, Procuradora Geral do Estado, Defensoria Pública do Estado e Ministério Público Estadual.