Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato a prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão (PT), da coligação “A Força do Povo”, resolveu mover uma ação indenizatória por danos morais, protocolada sob número 5000150-83.2012.8.2737, com data do 06.09.2012, às 17:15hs,  contra o candidato a prefeito de Porto Nacional pela coligação “É a Vez do Povo”, Otoniel Andrade (PSDB).

Segundo a assessoria do petista, Otoniel Andrade tem feito acusações levianas contra o Paulo Mourão, em sites e jornais no Estado Tocantins. Tais notícias acusam o petista por desvio de recursos da Funasa. Os recursos somariam  4,5 milhões de reais.

Segundo a assessoria do petista a informação tem interesse politico eleitoreiro e visa claramente prejudicar e, desqualificar o candidato perante a opinião pública.

Ainda segundo a assessoria de Paulo Mourão, imbuído da intenção de forjar factoides e propagá-los como se verdade fosse, Otoniel Andrade, tem atacado a moral e a honra do petista por meio de referências veladas ou explícitas, acusando-o de haver paralisado as obras de implantação da rede esgoto sanitário no distrito de Luzimangues. Segundo a assessoria do petista, a forma dissimulada como Otoniel Andrade se refere ao tema, “distorce e desvirtua a verdade, de modo a atingir levianamente o cidadão  Paulo Mourão”, diz.

O Jornal Opção, n° 1939, de 02 a 08 de setembro de 2012, segundo a assessoria de imprensa de Paulo Mourão também veiculou acusações levianas proferidas por Otoniel Andrade.

O valor integral da indenização pedida por Paulo Mourão será doado  ao Abrigo João XXIII em Porto Nacional caso seja o vencedor da lide, informa a assessoria do petista.