Polí­tica

Foto: Divulgação

A campanha do candidato a prefeito Carlos Amastha (PP) e do seu vice, Sargento Aragão (PPS), rumo à Prefeitura de Palmas, não para de crescer e ganhou mais força com o apoio do Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), do governo Dilma Rousseff, que reinteirou seu total apoio e pediu pela mudança no comando da capital tocantinense.

Aguinaldo Ribeiro está à frente de um dos principais ministérios do Governo Federal e revela que essa é a chance que Palmas tem para se desenvolver confiando seu voto em Carlos Amastha e Aragão. “Peço seu voto para Carlos Amastha, um empresário de sucesso que já contribui com a história de Palmas e que certamente emprestará sua competência para o desenvolvimento da cidade à frente da prefeitura. Vote 11. Vote na competência de Carlos Amastha”, pede o ministro.

O ministro já foi deputado estadual da Paraíba por dois mandatos consecutivos (2003 a 2011), elegeu-se deputado federal em 2010, sempre pelo Partido Progressista (PP). Assumiu o comando do Ministério das Cidades em substituição a Mário Negromonte, do mesmo partido. “No dia 7 de outubro todos os brasileiros estarão escolhendo seus prefeitos e vereadores. Essas pessoas serão responsáveis pelo destino da sua cidade, pela melhoria da educação, da saúde, da segurança e do transporte público. Você deve pensar bem em quem vai votar. Por isso, peço seu voto a Carlos Amastha, um homem digno e que emprestará sua sabedoria para administrar Palmas e ajudar o povo palmense”, destacou Aguinaldo Ribeiro.

Carlos Amastha enfatizou a importância de receber o apoio do Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, pois é um dos principais ministérios do governo federal e que com certeza irá contribuir com o crescimento de Palmas. “O Aguinaldo também é do PP (Partido Progressista) e um homem que trabalha em prol do desenvolvimento do país. Não tenho dúvidas que receberemos o apoio dele para trazer recursos a Palmas. É o que sempre falo, basta ter bons projetos para conseguir os recursos que irão mudar a vida dos palmenses e isso teremos, pois vamos trabalhar com técnicos”, ressaltou Amastha. E completou: “Vamos buscar junto do Ministro das Cidades recursos para habitação para dar moradias dignas aos palmenses”. (Assessoria de Imprensa)