Polí­tica

Foto: Divulgação

O debate entre os candidatos à Prefeitura de Palmas que estava previsto para ser realizado pela TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo no Tocantins, na quinta-feira, 4, foi cancelado. O motivo foi o fato de um dos candidatos, Fábio Ribeiro do PTdoB, ter conseguido na justiça, por meio de liminar, o direito de participar do debate. A Anhanguera já havia acordado com os candidatos que apenas os cinco mais posicionados nas pesquisas iriam participar do debate mas ainda assim Ribeiro tentou garantir sua participação na justiça.

O mesmo aconteceu em São Paulo, onde a Rede Globo cancelou o debate entre os candidatos alegando excesso de candidatos.

Carlos Amastha

Por meio de nota o candidato a prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) lamenta o cancelamento do debate da TV Anhanguera, que seria realizado nesta quinta-feira, 04.

Amastha destaca que o espaço democrático disponibilizado pela emissora iria contribuir na discussão de propostas e ideias para o desenvolvimento e crescimento da cidade.

Luana Ribeiro

A candidata a prefeita pela coligação “Coragem pra Fazer”, Luana Ribeiro, também lamentou o cancelamento do debate entre os candidatos. De acordo com Luana, os debates públicos são imprescindíveis para o processo democrático e fundamentais nesta reta final de campanha, uma vez que, segundo ela, oportunizam aos eleitores conhecer as propostas dos candidatos e escolher conscientemente o gestor ou gestora da nossa cidade.

Luana afirmou por meio de nota que a coligação respeita a decisão da emissora em cancelar o debate, porém, ressalta que o prejuízo maior é da cidade e dos eleitores, que perdem a chance de comparar candidatos e  projetos.

Veja abaixo, na íntegra, o comunicado da Anhanguera sobre o cancelamento do debate:

 COMUNICADO

A TV Anhanguera de palmas não fará mais o debate entre os candidatos a prefeito de Palmas, que estava marcado para esta quinta-feira, dia 04 de outubro.

A emissora tomou esta decisão porque julgou não haver segurança jurídica suficiente para a realização do programa da forma como acordado com os representantes das candidaturas na capital.

A emissora acredita que a realização de um debate de até cinco candidatos seria o mais produtivo em Palmas.

Por isso, no dia 20 de julho deste ano, propôs um acordo aos candidatos para que só os cinco melhores colocados na pesquisa eleitoral contratada e divulgada pela TV Anhanguera participassem do debate.

Todos os representantes dos sete candidatos concordaram com as regras.

Agora, diante da decisão que garante a inclusão de mais um candidato Fábio Ribeiro, do PTdoB entre os cinco que participariam do debate, a TV Anhanguera entende que o programa está inviabilizado, por isso, a decisão de cancelar o debate dos candidatos a prefeito de Palmas.